Promover o conforto térmico na escola (ondas de calor)

CONFORTO TÉRMICO DURANTE AS ONDAS DE CALOR  

Sugestão enviada à Câmara Municipal de Évora em 28/02/2018 onde se dá conta do problema, de uma sugestão e se informa de um financiamento.

  1. PROBLEMA

temp.JPG

As paredes nascente e poente da escola, sobretudo esta última, não goza de qualquer ensombramento durante as horas de maior calor. O conforto térmico nas  salas de aulas é, nos dias de muito calor, próximas do insuportável.

2. PROPOSTA DE SOLUÇÃO

pppp

Custo desta solução (estimativa): Floreiras 150€, Substrato+terra 50€,  Plantas 30€, temporizador 25€, sistema rega (tubagens+gotejadores) 15€, caudalímetro 20€, pluviómetro  10€, cisterna  1000l (200€), armação na parede para plantas treparem (material) 150€, Suporte cisterna 50€, Mão de obra (2 dias/2 homens) 300€, Diversos 150€. Total  1.150€

O custo equivalente de apenas um aparelho de ar condicionado + montagem.

3. FINANCIAMENTO GENEROSO

fundo ambiental

Em Março de 2018 estiveram abertas candidaturas ao Fundo Ambiental . Este fundo  visava “promover operações  de adaptação às alterações climáticas…cujas taxas máximas de cofinanciamento podiam ir até 85% (8.2. do Aviso) . 

Este Fundo tinha como beneficiários os Municípios e esteve aberto até 16 de Março de 2018.

Estávamos, pois, no contexto e períodos certos  para melhorarmos as condições de conforto térmico na escola por um custo para o município da ordem dos 200€ (15% dos custos estimados) e por escola.

A missiva na íntegra e a resposta do município.

Última actualização: 1/11/2018